Rio Branco - Acre, 19/08/2018

onde-estamos-trabalhando-limpeza-manutencao-ruasBANNER PORTAL TRANPARENCIA-alterado2782015 

Últimas Notícias

Secretaria de Meio Ambiente garante rotina de cuidados a animais do Parque Chico Mendes

Alimentados seis dias por semana, casal de onças-vermelhas que vive no Parque tem condição nutricional sob controle, mas perdeu peso após fêmea entrar no cio
 
Todos os animais do Parque Ambiental Chico Mendes são bem cuidados pelos veterinários e tratadores que trabalham no zoológico. Boatos disseminados nas redes sociais sustentavam que o casal de onças-vermelhas, carinhosamente chamados de Leo e Nega, estariam desnutridos, mas a secretária de Meio Ambiente de Rio Branco, Paola Daniel, rechaça essa situação. Recentemente, a fêmea entrou no cio, o que, segundo Paola Daniel, ocasionou uma diminuição temporária no consumo de alimentos pelo casal. Isso gerou pequena redução de peso, fenômeno totalmente normal por ser um processo fisiológico decorrente da fase do cio. “O casal de onças-vermelhas não está desnutrido e muito menos doente. Agradecemos a todos pela preocupação”, disse, em nota pública, a secretária Paola Daniel, enaltecendo a mobilização em favor dos animais.
 
O Parque Chico Mendes está aberto para acompanhamento popular. Quanto a alimentação dos animais, a dieta dos felinos que ali vivem consiste na oferta de proteína animal, sendo adquirida de fornecedores idôneos. Todos os contratos podem ser conferidos no site do Tribunal de Contas do Estado. A alimentação é fornecida durante seis dias na semana, havendo um dia de jejum, algo que ajuda a mantê-los em plenas condições de saúde.
 
Veja na íntegra a nota da Secretaria Municipal de Meio Ambiente:
 
Nota de Esclarecimento
 
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Rio Branco vem por meio desta esclarecer sobre o estado de saúde do casal de onças-vermelhas do Parque Ambiental Chico Mendes, questionada pela Senhora Cristiane Tojal no Facebook, a qual demonstrou grande preocupação, seguem esclarecimentos:
 
Os animais em questão, são denominados Nega e Leo, como são tratados carinhosamente pela equipe do parque. A Nega e Leo são animais jovens e muito ativos, da espécie Puma concolor, que tem como características ou biotipo serem longilíneos e de hábito noturno para facilitar uma melhor movimentação e capacidade de caça na natureza. Como pode ser visto no vídeo publicado abaixo, realizado no final do mês de maio de 2018. Recentemente, a fêmea encontrava-se no cio, o que ocasionou uma diminuição temporária no consumo de alimentos pelo casal, causando uma pequena redução de peso, totalmente normal por ser um processo fisiológico e que ambos estarão se recuperando em dias.
 
A dieta dos felinos do Parque Chico Mendes consiste na oferta de proteína animal, sendo adquirido de fornecedores idôneos (todos os contratos podem ser conferidos no site do TCE), durante 6 dias na semana, havendo um dia de jejum, o que de certo mantém os animais em perfeitas condições de saúde.
 
Em cativeiro, temos a preocupação de manter os animais com peso adequado à sua espécie. Para tanto, os felinos recebem um enriquecimento ambiental, no que consiste em brincadeiras e atividades com a intenção de lhe proporcionar melhor adequação ao recinto evitando o sedentarismo, o estresse, como o comportamento estereotipado e a obesidade. Todos estes fatores causam doenças e exigem cuidados preventivos, como são realizados constantemente no parque.
 
Ademais, o Parque conta com dois Médicos Veterinários, duas Biólogas, com mais de 20 anos de experiência em manejo de animais silvestres em cativeiro, e 7 tratadores com experiência e capacitação técnica, que cuidam de todos os animais com muita dedicação e empenho.
 
Esclarecemos, ainda, que todos os animais silvestres do Parque são de origem de apreensões de órgãos governamentais de meio ambiente, que geralmente chegam machucados, desnutridos e desidratados, muitos com sequelas definitivas, que irão comprometer sua qualidade de vida. Estes animais passam por um setor chamado de quarentena, no qual recebem cuidados veterinários e alimentação adequada até sua pronta recuperação. A maioria desses animais não tem condições de retorno à natureza por vários fatores, sejam eles sanitários e/ou físicos. E neste sentido são encaminhados aos Zoológicos.
 
Os Zoológicos têm grande importância na conservação e preservação da fauna silvestre, por meio da educação ambiental, pesquisa científica e atividades recreativas com o cunho de sensibilizar quanto às questões ambientais. O Parque Ambiental Chico Mendes tem 22 anos de existência e tem colaborado com a produção científica a nível de graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado no Brasil, além disso, é um laboratório vivo para os outros níveis escolares no Acre e no Brasil.
 
Por fim, salientamos que o casal de onças-vermelhas não está desnutrido e muito menos doente, e agradecemos a todos pela preocupação. Caso tenham maiores questionamentos, a Gerência do Parque, está à disposição para receber qualquer cidadão.
 
Da mesma forma que nos colocamos à disposição caso alguém queira acompanhar a alimentação dos animais.
 
Rio Branco, AC, 6 de junho de 2018
 
PAOLA DANIEL
Secretária Municipal de Meio Ambiente de Rio Branco
 
 
Fotos Assis Lima/DECOM
There are three major facts that should be watched out for in all payday loans in the United States. The main active actual substance of Levitra Professional online - Vardenafil does not affect the seminal fluid and is not addictive.

COM VOCÊ NO DIA A DIA

com vc dia a dia 16082018

VÍDEOS

MAIS VÍDEOS

PREFEITURA DE RIO BRANCO
Rua Rui Barbosa, 285 – Centro - Rio Branco/AC - CEP: 69.900-901 - Tel.: (68) (68) 3212-7040