Rio Branco - Acre, 07/07/2020

banner-trabalhando-hoje-pmrb2BANNER PORTAL TRANPARENCIA novo

Últimas Notícias

Aderindo ao Pacto Acre sem COVID, Socorro Neri inicia ciclo de conversas com segmentos econômicos buscando a retomada de atividades suspensas

A prefeita de Rio Branco Socorro Neri, iniciou nesta quinta-feira (25), o ciclo de conversas com seguimentos econômicos, visando tornar a retomada das atividades que estão momentaneamente suspensas no município de forma mais transparente.

O município se encontra em alerta vermelho, pelo indicador estabelecido no Decreto Estadual n° 6.206 de 22 junho, em virtude da Covid-19 e os serviços não essenciais só serão liberados na cidade de forma gradual quando alcançar o alerta laranja.

Na oportunidade, o Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, apresentou o protocolo sanitário necessário para retomada gradual das atividades, ajustado ao pacto “Acre sem Covid”. O protocolo da Prefeitura estabelece classificações e critérios de risco em diferentes níveis como: emergência, alerta, atenção e cuidado.

“Iniciamos um ciclo de conversas com as categorias profissionais, com os conselhos de classe e teremos na sequência setores da economia de Rio Branco, de modo a tratarmos do plano ao qual o município aderiu que é o pacto “Acre sem Covid” e ao mesmo tempo dos protocolos sanitários necessários para a retomada das atividades que hora estão suspensas. É a busca de nos prepararmos para essa nova normalidade que nós teremos que viver, mas com cautela, com base cientifica como estamos fazendo, buscando evitar ter que recrudescer medidas como está ocorrendo em outras capitais brasileiras”, observou Socorro Neri.

A medida será tomada a partir da análise dos indicadores epidemiológicos e a capacidade assistencial avaliadas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, que terá como bússola o boletim de monitoramento elaborado há cada 14 dias, cuja a próxima edição ocorrerá no próximo dia 4 de julho.

“Nós consideramos extremamente válido esse diálogo interinstitucional com as instituições. A OAB representa uma classe relevante dentro do Estado do Acre e gostaríamos de louvar esse incentivo. Temos que lutar todos juntos, mas precisamos ter a responsabilidade, não só institucional, mas também pessoal e avançar nesses indicadores, e assim, conseguir aos poucos e gradualmente chegar, ainda que seja um novo normal”, ponderou Erick Venâncio Lima do Nascimento, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Acre.

A flexibilização deverá seguir regras gerais estabelecidas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus. Nesse movimento de passagem para uma reabertura, a população é agente fundamental, pois todas as medidas de segurança e higiene já recomendadas devem continuar sendo adotadas para que os indicadores retrocedam e permaneçam estáveis. Regras como distanciamento social, uso correto de máscara; evitar aglomeração e conversas nos transportes e espaços coletivos são algumas dessas medidas.

O diretor da Câmara de Gestão Pública (CGP) do Conselho Federal de Administração (CFA), Fábio Mendes Macêdo, considerou salutar o gesto da prefeita Socorro Neri de chamar os conselhos profissionais, hoje, com 31 profissões regulamentadas no Brasil e que gere políticas e diretrizes de trabalho aos profissionais de vários segmentos para discutir caminhos para retomada da economia.

“A atividade econômica precisa andar junto com a saúde. São ciências que precisam ser trabalhadas. Quando a Prefeitura de Rio Branco nos chama para debater, mostrar política de retomada dessa atividade, por meio de indicadores também é importante. Defendo o equilíbrio. As atividades, sejam elas, públicas e privadas precisam voltar, mas de forma eficiente capaz de garantir a segurança”, disse.

 

Pedro Paulo, da Diretoria de Comunicação

Fotos Fagner Delgado

INFORMAÇÕES RIO ACRE

Prefeitura de Rio Branco - Horário de Atendimento: 08h às 18h
Rua Rui Barbosa, 285 – Centro - Rio Branco/AC - CEP: 69.900-901 - Tel.: (68) 3212-7040

    TELECONSULTA - SAÚDE