Rio Branco - Acre, 23/01/2020

onde-estamos-trabalhando-limpeza-manutencao-ruasBANNER PORTAL TRANPARENCIA-alterado2782015 

Últimas Notícias

Moradores da regional I e VII visitam instalações da Utre

Ação tem a finalidade de fortalecer as atividades da prefeitura junto às comunidades
 
Image 
 
A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria de Meio Ambiente (Semeia) e secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), reuniu ontem à tarde, 30, um grupo de 50 moradores das regionais I e VII para conhecer as instalações da Unidade de Tratamento e Disposição de Resíduos Sólidos Urbanos, a Utre. As explicações técnicas couberam à gerente de Resíduos Sólidos, Dannya Coutinho e à diretora do Departamento de Resíduos Sólidos, Fabiana Campelo.
O objetivo da visita é aproximar a população das ações que estão sendo desenvolvidas pela prefeitura da Capital e mostrar que com o novo aterro será possível reestruturar o sistema de limpeza urbana, com a previsão de melhoria dos serviços de coleta e limpeza pública. Incluindo melhor adequação da frota de veículos, planejamento dos serviços de varrição, capina, poda; como também, melhor eficiência na separação, coleta e acondicionamento dos resíduos das unidades de saúde. Dessa forma a cidade de Rio Branco ganha um sistema de limpeza que reúne planos, programas e projetos setoriais, como o de Educação Ambiental e o de Coleta Seletiva.
 
Image

“O projeto de implantação da Utre, apóia-se sobre dois eixos principais: que é esse da estrutura, do local de armazenamento do lixo e o outro, que é o projeto social, feito por meio do debate com as comunidades, como forma de contribuir com a qualidade de vida da população. Outro ponto também muito importante é a educação ambiental, que contribui para o fortalecimento da comunidade e da cidadania”, explicou a coordenadora do Projeto Social da Utre, Vângela do Nascimento.

A Utre ocupa uma área de 80 hectares e está localizada no km 22 da BR-364, entre Rio Branco e Porto Velho. Sua construção marca o fim de um quadro que se tornou um verdadeiro desafio, que é pôr fim aos “lixões” a céu aberto. A unidade de tratamento de Rio Branco poderá atender uma população de 350 mil habitantes e receber uma quantidade de resíduos de 7 mil toneladas ao mês. Estes valores irão dobrar a capacidade de recebimento de resíduos no atual aterro que opera hoje com custos muito elevados para o Município. Os recursos empregados para a construção da Utre são da ordem de R$ 9,6 milhões, provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) disponibilizados pelo governo federal, por meio da Caixa Econômica. A obra conta com quase dois milhões de contrapartida da prefeitura. Desses valores, cerca de R$ 2 milhões serão destinados para o fim do atual aterro.
 
Image
 
Isolamento como diferencial – O grande trunfo para o meio ambiente será o isolamento do solo do aterro com mantas especiais, onde serão depositados os resíduos. A cobertura permite a contenção do chorume, substância altamente tóxica que se forma a partir do acúmulo de resíduos orgânicos. Este líquido será desviado para grandes tanques de decantação.

Outro aspecto será a possibilidade de canalizar o gás que se forma nestes lugares, inclusive com a possibilidade de comercializá-lo, futuramente. O gás oferece grandes riscos aos aterros não-controlados, o que não será o caso da nova unidade.
 
Image
 
Moradores destacam importância da obra

“Rio Branco está de parabéns, porque agora a gente vai ter um local apropriado para colocar o lixo. Pra nós moradores é um prazer ver uma obra com esta, pois àquilo que contaminava vai ter uma destinação correta, sem agredir o meio ambiente, e isso é muito bom”, destacou o presidente da Associação de Moradores da Vila Dom Moacyr, Antônio Ferreira da Silva.

“Moro no Alberto Sampaio há 32 anos e nunca tinha visto algo como essa obra. A moça disse que aqui vai ser colocado o lixo de Rio Branco, Quinari e Bujari. Aqui também será um local de aprendizado: as crianças vão poder aprender sobre meio ambiente e educação ambiental, com isso quem ganha é a população e a cidade; que fica cada vez mais limpa”, frisou o presidente da Associação de Moradores do bairro Alberto Sampaio, Francisco Veríssimo de Almeida.

“Essa obra é muito importante pra todo mundo. Nos outros cantos ninguém nem ver falar disso; mas aqui em Rio Branco é diferente. Eu não sabia que era tão grande. Pra nós vai ser muito bom porque a gente vai ter um lugar certo para colocar o lixo, sem precisar destruir o meio ambiente”, pontuou o morador do bairro Alberto Sampaio, Sebastião Amorim.

 

 Aquinei Timóteo

Fotos: Marcos Vicentti

Payday Loans In Illinois.

COM VOCÊ NO DIA A DIA

com vc dia a dia 21012020

VÍDEOS

MAIS VÍDEOS

Prefeitura de Rio Branco - Horário de Atendimento: 08h às 18h
Rua Rui Barbosa, 285 – Centro - Rio Branco/AC - CEP: 69.900-901 - Tel.: (68) 3212-7040