Rio Branco - Acre, 16/02/2019

onde-estamos-trabalhando-limpeza-manutencao-ruasBANNER PORTAL TRANPARENCIA-alterado2782015 

Últimas Notícias

Subchefe de assuntos federativos visita a Utre

Unidade poderá atender uma população de 350 mil habitantes e receber uma quantidade de resíduos de 7 mil toneladas ao mês

Aquinei Timóteo
Foto: Marcos Vicentti

“A Unidade de Resíduos Sólidos de Rio Branco é referência para as cidades de mesmo porte no País e isso mostra o compromisso social e ambiental que o prefeito Raimundo Angelim tem com a cidade”, destacou o subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais do governo federal, Alexandre Padilha, em visita, ontem à tarde, 23, à Unidade de Tratamento e Disposição de Resíduos Sólidos Urbanos (Utre).



Padilha veio a Rio Branco inspecionar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), da Utre, da Ceasa e do PAC saneamento. Ontem à tarde, acompanhado do prefeito Raimundo Angelim, do secretário de Planejamento do Estado, Gilberto Siqueira; do secretário Municipal de Serviços Urbanos, Cezário Braga; do diretor-presidente da Empresa Municipal de Urbanização, Gildo César e de técnicos e assessores do Estado e do Município; Alexandre Padilha pode conferir a estrutura de uma das maiores obras de saneamento ambiental da região Norte do país, a Utre.

“É muito importante a visita do Alexandre Padilha a Rio Branco, porque o governo federal, assim como o governo do Estado, são importantes parceiros para a construção de obras como esta, da Utre, que vão de encontro com o desenvolvimento da cidade e com o crescimento econômico e social”, salientou o prefeito Raimundo Angelim.

A Unidade está localizada no km 22 da BR-364 – trecho Rio Branco-Porto Velho e ocupa uma área de 80 hectares, das quais 20 hectares são destinadas à primeira etapa do aterro, que poderá atender uma população de 350 mil habitantes e receber uma quantidade de resíduos de 7 mil toneladas ao mês.

Os recursos empregados para a construção da Utre são da ordem de R$ 10,6 milhões, provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) disponibilizados pelo governo federal, por meio da Caixa Econômica. A obra conta com quase dois milhões de contrapartida da prefeitura. Desses valores, cerca de R$ 2 milhões serão destinados para o fim do atual aterro.

Isolamento como diferencial

O grande trunfo para o meio ambiente será o isolamento do solo do aterro com mantas especiais, onde serão depositados os resíduos. A cobertura permite a contenção do chorume, substância altamente tóxica que se forma a partir do acúmulo de resíduos orgânicos. Este líquido será desviado para grandes tanques de decantação.

Outro aspecto será a possibilidade de canalizar o gás que se forma nestes lugares, inclusive com a possibilidade de comercializá-lo, futuramente. O gás oferece grandes riscos aos aterros não-controlados, o que não será o caso da nova unidade.


 


Galeria de imagens

{phocagallery view=category|categoryid=110|limitstart=0|limitcount=10|detail=0|displayname=1|displaydetail=1|imageshadow=shadow1}


personal loans online . What makes Viagra Strips better than other forms of this medicine is its easiness of usage.

COM VOCÊ NO DIA A DIA

com vc dia a dia 08022019

VÍDEOS

MAIS VÍDEOS

PREFEITURA DE RIO BRANCO
Rua Rui Barbosa, 285 – Centro - Rio Branco/AC - CEP: 69.900-901 - Tel.: (68) (68) 3212-7040