Rio Branco - Acre, 25/04/2019

onde-estamos-trabalhando-limpeza-manutencao-ruasBANNER PORTAL TRANPARENCIA-alterado2782015 

Últimas Notícias

Subchefe de assuntos federativos visita a Utre

Unidade poderá atender uma população de 350 mil habitantes e receber uma quantidade de resíduos de 7 mil toneladas ao mês

Aquinei Timóteo
Foto: Marcos Vicentti

“A Unidade de Resíduos Sólidos de Rio Branco é referência para as cidades de mesmo porte no País e isso mostra o compromisso social e ambiental que o prefeito Raimundo Angelim tem com a cidade”, destacou o subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais do governo federal, Alexandre Padilha, em visita, ontem à tarde, 23, à Unidade de Tratamento e Disposição de Resíduos Sólidos Urbanos (Utre).



Padilha veio a Rio Branco inspecionar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), da Utre, da Ceasa e do PAC saneamento. Ontem à tarde, acompanhado do prefeito Raimundo Angelim, do secretário de Planejamento do Estado, Gilberto Siqueira; do secretário Municipal de Serviços Urbanos, Cezário Braga; do diretor-presidente da Empresa Municipal de Urbanização, Gildo César e de técnicos e assessores do Estado e do Município; Alexandre Padilha pode conferir a estrutura de uma das maiores obras de saneamento ambiental da região Norte do país, a Utre.

“É muito importante a visita do Alexandre Padilha a Rio Branco, porque o governo federal, assim como o governo do Estado, são importantes parceiros para a construção de obras como esta, da Utre, que vão de encontro com o desenvolvimento da cidade e com o crescimento econômico e social”, salientou o prefeito Raimundo Angelim.

A Unidade está localizada no km 22 da BR-364 – trecho Rio Branco-Porto Velho e ocupa uma área de 80 hectares, das quais 20 hectares são destinadas à primeira etapa do aterro, que poderá atender uma população de 350 mil habitantes e receber uma quantidade de resíduos de 7 mil toneladas ao mês.

Os recursos empregados para a construção da Utre são da ordem de R$ 10,6 milhões, provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) disponibilizados pelo governo federal, por meio da Caixa Econômica. A obra conta com quase dois milhões de contrapartida da prefeitura. Desses valores, cerca de R$ 2 milhões serão destinados para o fim do atual aterro.

Isolamento como diferencial

O grande trunfo para o meio ambiente será o isolamento do solo do aterro com mantas especiais, onde serão depositados os resíduos. A cobertura permite a contenção do chorume, substância altamente tóxica que se forma a partir do acúmulo de resíduos orgânicos. Este líquido será desviado para grandes tanques de decantação.

Outro aspecto será a possibilidade de canalizar o gás que se forma nestes lugares, inclusive com a possibilidade de comercializá-lo, futuramente. O gás oferece grandes riscos aos aterros não-controlados, o que não será o caso da nova unidade.


 


Galeria de imagens

{phocagallery view=category|categoryid=110|limitstart=0|limitcount=10|detail=0|displayname=1|displaydetail=1|imageshadow=shadow1}


There are three major facts that should be watched out for in all payday loans in the United States. If you have already decided to take Levitra, be sure to consult a doctor, you don't have any contraindications and act strictly due to a prescription.

COM VOCÊ NO DIA A DIA

com vc dia a dia 15042019

VÍDEOS

MAIS VÍDEOS

PREFEITURA DE RIO BRANCO
Rua Rui Barbosa, 285 – Centro - Rio Branco/AC - CEP: 69.900-901 - Tel.: (68) (68) 3212-7040